Quem Sou‎ > ‎Minhas Composições‎ > ‎Minhas Poesias‎ > ‎

Dona Bruxa

postado em 13 de set de 2010 15:11 por Erisvaldo Ferreira Silva
Senhora Dona Bruxa
que não larga o meu cachimbo
que não sai de casa cedo
que não dorme quando minto,

aconselha Dona Lua
a vir ficar comigo
esclarece seu luar
porque eu mesmo não consigo

agradece a Seu Mané
o copo d'água que lhe pedi
eu prometo não tocar
em tuas belas asas de marfim

Senhora Dona Bruxa,
eu ainda sei contar
essas tristes linhas que inventei
Mas se me pedem mais um bis
isso eu já não sei
Comments